Diretoria da OAB Paraná prestigia posse da nova cúpula do TJ-PR

 

O presidente da OAB Paraná, Cássio Lisandro Telles, prestigiou nesta sexta-feira (1), da posse do novo presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira, e dos demais membros da nova diretoria. Também estiveram presentes a vice-presidente da OAB Paraná, Marilena Indira Winter, o secretário-geral, Rodrigo Sánchez Rios, a secretária-geral adjunta, Christhyanne Regina Bortolotto, e o diretor de prerrogativas, Alexandre Salomão.

Tomaram posse ainda como membros da cúpula o 1º Vice-Presidente, desembargador Wellington Emanuel Coimbra de Moura; o corregedor-geral da Justiça, desembargador José Augusto Gomes Aniceto; o 2º vice-Presidente, desembargador José Laurindo de Souza Netto, e o corregedor de Justiça, desembargador Luiz Cezar Nicolau.

União

Ao se pronunciar, o presidente da OAB ressaltou a importância da união das entidades em prol da sociedade. “Repito o que afirmei em meu discurso de posse, há questão de 15 dias. Nosso desejo é pela justiça social, por paz, pelo convívio em harmonia, pela felicidade, pelo bem-estar, pelo direito universal de sonhar. Isso realmente nos une, juízes, promotores, advogados e servidores. É, verdadeiramente, nossa missão social”.

Na oportunidade, Telles também cumprimentou Renato Braga Bettega, que encerrou sua gestão à frente da presidência do TJ-PR. “Quero, antes de tudo, saudar e agradecer a diretoria encabeçada pelo desembargador Bettega, pela administração eficiente e serena com a qual comandou este Tribunal”, disse o presidente da OAB Paraná. “Ele soube ouvir os pleitos da advocacia em um ambiente de respeito mútuo, procurando dar soluções adequadas e fundamentadas nas regras do bom direito e do bom senso”.

Sonho em comum

Em seu discurso, Bettega agradeceu às instituições parceiras como a OAB, “que dividiram conosco esse sonho de tentar transformar a realidade em um mundo mais humano, igualitário e empático”. Sobre sua gestão, ele ressaltou o esforço para trilhar o caminho com humildade. “Ser um juiz, um presidente de tribunal, não transforma ninguém em um ser especial. O caminho para o sucesso e para a felicidade continua a ser a humildade e a alteridade”, disse o presidente que encerrou a gestão. “Procurei em todo este tempo exercer o ofício de forma humana, respeitosa e cordial, com transparência e buscando os ideais republicanos a que me propus”, completou o magistrado.

Sobre Xisto, o presidente da seccional paranaense observou: “O novo presidente vem dando, ao longo de sua profícua carreira, demonstrações de ser pessoa voltada ao diálogo e à solução adequada para os problemas que afetam nossas profissões, tão umbilicalmente unidas em nome da boa prestação jurisdicional.”

Em pronunciamento emotivo, Xisto relembrou sua trajetória pessoal e profissional, agradeceu aos familiares presentes e às pessoas que fizeram parte de sua história. Ele também expressou gratidão aos representantes das diferentes entidades presentes. “Saúdo os advogados, procuradores e defensores públicos aqui presentes na pessoa do Presidente da OAB Paraná, Cássio Lisandro Telles, destacando, nas palavras de Pinto Ferreira, ‘a nobilitante função social’ que exercem esses profissionais, porque a advocacia brasileira tem contorno próprios, únicos em todo o mundo, a ponto de o constituinte ter reconhecido sua importância como indispensável à administração da Justiça e o legislador ordinário estabelecido como missão da Ordem dos Advogados do Brasil a defesa dos valores maiores da democracia.”

Demandas da advocacia

Durante seu discurso, o presidente da OAB Paraná também apresentou demandas da advocacia, destacando a necessidade de atenção ao primeiro grau. Telles levantou ainda a necessidade de melhores condições para as sustentações orais, de fixar custas judiciais que não impeçam o acesso à Justiça e sobre a importância de que o Executivo dê celeridade ao pagamento de precatórios.

 

 

 

Postado em: Notícias | Tags: , , , , , , , ,

Desenvolvido por ledz.com.br