Advogado Álvaro Albuquerque recebe a medalha Accioly Neto

 

Em solenidade realizada nesta sexta-feira (15/10), na sede da OAB Paraná, em Curitiba, o advogado Álvaro Wendhausen de Albuquerque foi agraciado com a Medalha Accioly Rodrigues da Costa Neto, honraria concedida pelo Conselho Subseccional de Foz do Iguaçu. A homenagem foi conferida pelos relevantes serviços prestados por dr. Álvaro à OAB, ao direito, à justiça e à advocacia de Foz do Iguaçu e região. A cerimônia foi conduzida pelo presidente da OAB Paraná, Cássio Telles, e pelo presidente da subseção, Neandro Lunardi.

Álvaro Wendhausen de Albuquerque, OAB-PR 2.602, 83 anos, foi o terceiro advogado de Foz do Iguaçu, primeiro presidente da subseção em 1977, depois eleito em duas gestões, de 1977 a 1979 e de 1987 a 1989. Foi membro do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB Paraná e indicado à lista tríplice para compor o Superior Tribunal de Justiça.

“Dr. Álvaro é o advogado mais antigo de Foz do Iguaçu, tem 58 anos de profissão, e foi quem lutou pela criação da subseção de Foz. Inicialmente e por um longo período, a subseção funcionou em seu escritório. Ele foi presidente por mais duas gestões. Foi membro do TED, foi professor por mais de 20 anos. Acredito que mais da metade dos advogados de Foz tenham sido seus alunos”, conta Neandro Lunardi. “É uma pessoa carismática, querida por todos. A homenagem é um reconhecimento efetivo dele como pessoa e como profissional”, disse o presidente da subseção.

A condecoração já foi entregue em anos anteriores aos advogados Roberto Busato, Alfredo de Assis Gonçalves Neto, Abner Wandemberg Rabelo e Júnior Rafagnin. Assis Gonçalves e Abner Rabelo estiveram presentes na solenidade desta sexta e Busato acompanhou a homenagem telepresencialmente.

Referencial

“Álvaro sempre foi o referencial da advocacia da região, mesmo antes da instalação da subseção”, lembrou Assis Gonçalves. “Essa é uma homenagem mais do que justa, para uma pessoa que foi exemplo de retidão e liderança”, destacou Busato, contando sobre a atuação de Álvaro Albuquerque também na formação da subseção de Medianeira.

O ex-presidente da seccional Edgard Cavalcanti de Albuquerque e o advogado Cléverson Marinho Teixeira, presidente da Comissão de Apoio à Criação do TRF no Paraná, também compareceram e atestaram a amizade cultivada desde os tempos da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná. “Para mim, Álvaro é um tipo inesquecível”, disse Edgard Cavalcanti. “Recebemos essa homenagem como se fosse para nós próprios, e nos emociona a todos”, afirmou Teixeira.

Após os discursos e uma manifestação emocionada do filho, o advogado Álvaro Albuquerque Neto, os conselheiros seccionais Abner Rabelo e Valter Cândido Domingues fizeram a entrega da medalha ao homenageado, que também recebeu uma láurea de agradecimento da seccional.

“É uma homenagem que muito me engrandece, porque a OAB não costuma homenagear quem não trabalha por ela. Até hoje carrego essa honra de ser representante da Ordem dos Advogados em Foz do Iguaçu”, disse o homenageado.

“A grande honra é a nossa de tê-lo como um dos nossos inscritos”, completou o presidente da OAB Paraná ao término da cerimônia. “Sinta-se abraçado pelos 77 mil advogados do Paraná”, afirmou Telles.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Desenvolvido por ledz.com.br