Comunidade jurídica homenageia o Professor Carlos Roberto Ribas Santiago

 

O advogado e professor Carlos Roberto Ribas Santigo foi homenageado pela comunidade jurídica nesta terça-feira, 4 de junho, na sede da OAB Paraná. Textos de mais de 40 autores, reunidos em 700 páginas, estão no livro “Constituição de 1988 e Reforma Trabalhista – Interpretações e Análises”, em homenagem a Santiago. A obra foi organizada pelo desembargador Luiz Eduardo Gunther e pelos advogados Marco Villatore e por Andrea Duarte Silva, com a coordenação das advogadas Regina Bacellar e Adriana Campagnoli e da juíza Silvana Madalozzo.

No evento, organizado pela OAB Paraná, pelo Instituto Memória e pelo Escritório Santiago, Bega & Petry Socieadade de Advogados, o advogado não escondeu a emoção. “Recebo essa homenagem com entusiasmo e emoção nesta quadra em que estou prestes a completar 50 anos desde a graduação na Universidade Federal do Paraná, em 1970”, contou ele horas antes da solenidade.

Santiago lecionou na Faculdade de Direito de Curitiba (Unicuritiba) e foi presidente da Associação dos Advogados Trabalhistas do Paraná (AATPR) na gestão 1978-1980. Na OAB Paraná foi conselheiro seccional, primeiro secretário na gestão 1985-1987 e vice-presidente nos anos de 1987 e 1988. É detentor da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, conferida pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Ao saudar os presentes em nome da diretoria da Seccional, a secretária-geral adjunta Christhyanne Regina Bortolotto, enalteceu o referencial que é o professor Carlos Roberto Ribas Santiago para o Direito do Trabalho. “Desde seus primórdios na advocacia, lá em meados da década de 1970 do século passado, o Dr. Santiago tem sido um personagem maiúsculo da Justiça Trabalhista paranaense e brasileira”, frisou.

A secretária-geral da seccional destacou ainda o trabalho realizado pelos organizadores da obra “Constituição de 1988 e Reforma Trabalhista – Interpretações e Análises”, pontuando que os autores bem demonstram o quanto o Direito do Trabalho traz de conhecimento jurídico em benefício da sociedade brasileira. Em nome da advocacia paranaense ela agradeceu a todos os responsáveis pela obra lançada.

“Fui aluno dele. É um excelente professor muito didático e sempre acessível aos estudantes. Acima de tudo, muito humano. Seu escritório está entre os maiores do Paraná e isso não é acaso. Embora represente as empresas, é também muito respeitado pelos advogados de trabalhadores”, afirmou José Affonso Dallegrave Neto, que fez uma breve palestra durante a homenagem.

Compuseram também a mesa a presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região, desembargadora Marlene Suguimatsu; o reitor da Unicuritiba Arnaldo Miro Rebello; o desembargador Luiz Eduardo Gunther, representando o Instituto Mémoria; e a procuradora do Ministério Público Renée Machado.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Desenvolvido por ledz.com.br