OAB Paraná em luto pela morte do jornalista Claudio Weber Abramo

 

A OAB Paraná lamenta a morte do jornalista e fundador da ONG Transparência Brasil, Claudio Weber Abramo, aos 72 anos. Ele passava por um tratamento contra câncer no intestino e estava internado no Hospital Samaritano, em São Paulo, onde faleceu na noite deste domingo (12/8).

Abramo era vice-presidente do Conselho Deliberativo da Transparência Brasil, que combate a corrupção, e também foi diretor-executivo da entidade por quase 15 anos (2001-2015). Atuou como editor de economia no jornal Folha de São Paulo e editor-executivo da Gazeta Mercantil. Abramo foi um dos principais articuladores da Lei de Acesso à Informação, aprovada em 2011.

Além de jornalista, era bacharel em matemática pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em filosofia da ciência pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Nos últimos anos, o jornalista vinha se dedicando à ONG Dados.org, criada por ele, e que trabalhava com transparência e dados do setor público.

“É uma perda imensa para o Brasil. Claudio Abramo ergueu sempre a bandeira da transparência, algo que ainda não atingimos plenamente e que é fator fundamental para elevar a qualidade da nossa vida pública. Essa bandeira é muito cara à advocacia e por isso, hoje, vivemos um dia de luto”, afirma o presidente da OAB Paraná, José Augusto Araújo de Noronha.

Postado em: Luto, Notícias | Tags: , ,

Desenvolvido por ledz.com.br