Projeto moda, sustentabilidade e solidariedade arrecada camisas e gravatas para transformar em roupas infantis

 

A OAB Paraná lança nesta quinta-feira (4) o Projeto Moda, Sustentabilidade e Solidariedade, com o apoio da Caixa de Assistência dos Advogados do Paraná (CAA-PR) e da Comissão de Assuntos Culturais da seccional. A iniciativa consiste em arrecadar camisas masculinas e femininas e gravatas usadas para transformá-las em vestidos infantis e também em peças de roupas para meninos. A sede da OAB Paraná será o ponto de entrega das doações. Os itens reunidos serão repassados a duas ONGs parceiras, a Pontos com Amor e a Quem Costura a Alma Cura, que produzem as peças e fazem as doações.

A vice-presidente da OAB Paraná, Marilena Winter, explica que a campanha une dois objetivos: a questão da sustentabilidade, com o reaproveitamento como uma forma de compensar o consumo que gera ônus para o meio ambiente; e a solidariedade, que levará não só roupas, mas autoestima às crianças que vão receber as doações. “Queremos que, ao receber as roupas, as crianças sintam que foram feitas para elas, não são roupas descartadas. As peças são exclusivas pois cada uma tem um bordado, uma aplicação diferente”, conta Marilena

A advogada Valéria Padovani integra o grupo Quem Costura a Alma Cura, que reúne sete mulheres de diversas áreas para confeccionar vestidos para meninas em situação de vulnerabilidade social. “A cada lote de vestidos que fazemos, procuramos instituições, comunidades carentes, para fazermos a entrega das peças. No ano passado tivemos a ideia de fazer vestidos e reutilizar camisas masculinas ou femininas. A camisa de uso social é um item de difícil descarte, as pessoas não têm para onde doar. É uma campanha de extrema importância no que diz respeito ao reaproveitamento desses itens. Fizemos o contato com a dra. Marilena e ela teve a ideia de que a OAB fizesse uma campanha para arrecadar essas camisas”, conta Valéria.

A advogada e presidente da Comissão de Juizados Especiais da OAB Paraná, Caroline Cavet, também é vice-presidente da Associação Pontos com Amor. “Trabalhamos com dois principais pilares: a sustentabilidade e a solidariedade, dois princípios que estão alinhados aos objetivos da OAB-PR e, principalmente, os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Dessa forma, a parceria visa unir esforços para recolher peças de roupa, que já estão sem uso pelos operadores de direito, para que sejam transformadas em roupas novas para crianças de comunidades vulneráveis”, explica Caroline. Ela chama a prática de upcycling, que seria uma reutilização criativa dos materiais. “É uma iniciativa em que, além de contribuir ecologicamente com o mundo, vestimos crianças com roupas e amor”, diz.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Desenvolvido por ledz.com.br