Comissões se reúnem para discutir projeto que levará cidadania às escolas

 

Inspiradas em iniciativas já desenvolvidas pelas Comissões de Direito Previdenciário, Advogados Iniciantes, Igualdade Racial, Apoio às Vítimas de Crime, da Criança e do Adolescente e de Estudos Contra a Violência de Gênero, todas as comissões da OAB Paraná reuniram-se na manhã desta segunda-feira (16/4), na sede da seccional, para elaborar um projeto conjunto de difusão de cidadania nas escolas públicas do Paraná.

Jaqueline Lobo da Rosa, presidente da Comissão do Pacto Global, explica como surgiu a ideia do projeto, que é coletivo. Ao observar o trabalho já em curso, sua comissão pensou em uniformizar os esforços, para ganhar sinergia. Daí a ideia do trabalho conjunto que começou a ser traçado hoje. “Juntos podemos fazer mais”, resume.

Ideias

No debate, alguns presidentes e representantes propuseram que suas comissões reforcem o conjunto de palestrantes já em atividade. Outros, consideraram que seria mais produtivo ir além das palestras. Sugeriram ações mais consolidadas, como a fiscalização da estrutura das escolas públicas ou ações de apoio aos docentes. Também surgiram propostas de parcerias com iniciativas de outras entidades e ainda a ideia de elaborar materiais informativos; seja por meio de cartilhas ou de aplicativos para tablets e smartphones.

Depois do levantamento de sugestões, a coordenadora das comissões, conselheira estadual Maria Regina Zarate Níssel, sugeriu que um grupo ficasse encarregado de organizar as propostas. Ficou estabelecido que Sandra Lia Bazzo Barwinski e Anderson Rodrigues Ferreira, respectivamente presidentes das comissões de Estudos de Violência de Gênero e da Criança e do Adolescente, darão continuidade aos trabalhos. Para tanto, umanova reunião foi marcada para terça-feira, 24 de abril, às 19 horas, também na sede da OAB Paraná.

Postado em: Notícias | Tags: ,

Desenvolvido por ledz.com.br