Exposição Holofotes dá visibilidade ao preconceito vivido por LGBTI

 

A OAB Paraná receberá no dia 24 de outubro a exposição de fotografias Holofotes. Organizada pela Comissão de Diversidade Sexual e Gênero em parceria com a Universidade Federal do Paraná, a mostra retrata pessoas LGBTI que se destacam por sua trajetória de vida e aborda o preconceito e a discriminação vivenciados diariamente.

O presidente da Comissão, Rafael Kirchhoff, explica que a ideia surgiu em Ponta Grossa, sob a liderança da advogada Thais Boamorte, que preside a comissão na subseção. Após o sucesso da iniciativa lá, as lideranças estaduais sobre o tema na seccional resolveram replicar a ideia e produzir uma versão em Curitiba. “A exposição se chama Holofotes como tentativa de trazer visibilidade para pessoas que têm atuado na conquista de direitos pela população LGBTI na cidade”, explica Kirchhoff.

Na capital, as fotos foram feitas pela fotógrafa e advogada Valéria Kotacho Lopes, membro da comissão local. Também vão compor a exposição fotos da mostra de Ponta Grossa.

Durante o lançamento, haverá uma explanação da fotógrafa e da advogada Thaís Boamorte sobre a sua experiência na construção das exposições e as pessoas retratadas terão oportunidade de falar. No saguão, a trilha sonora ficará por conta do DJ e advogado Wagner Mauricio de Souza Pereira.

O lançamento será realizado na mesma semana em que ocorre o Dia da Visibilidade Intersexual (26), temática que vem ganhando espaço nos debates LGBTI – e representa o “i” da sigla. Intersexual é a identidade que representa pessoas com características sexuais biológicas, tais como gônadas, cromossomos ou genitália, tanto masculinas quanto femininas.

O evento conta com o patrocínio do Grupo Dignidade, da Aliança Nacional LGBTI, da Dom da Terra – Afro LGBTI,  do Coletivo Cássia, do Transgrupo Marcela Prado e da Associação Paranaense da Parada da Diversidade- APPAD.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Desenvolvido por ledz.com.br