OAB Paraná Total: Advocacia de Cantagalo relata dificuldades no levantamento de alvarás

 

Advogados que militam na comarca de Cantagalo se reuniram nesta quinta-feira (10) com a diretoria da OAB Paraná para expor as principais dificuldades enfrentadas no dia a dia da profissão. Na 27ª audiência do projeto OAB Paraná Total, a advocacia relatou dificuldades no levantamento de alvarás e situações de fixação de honorários abaixo da tabela da advocacia dativa.

Os profissionais afirmaram ainda que há um entendimento equivocado do magistrado de que os honorários de sucumbência pertencem à parte e também a determinação de renovação de procurações – recentes, inclusive – além da questão do recebimento de advogados em gabinete e o relacionamento em audiências.

“Todas as reclamações foram anotadas. Manteremos um contato direto com o magistrado da comarca para tentar resolver as questões diretamente com ele. Caso não haja sucesso serão tomadas as providências junto aos órgãos correcionais do CNJ. Pretendemos voltar em breve à comarca, porque hoje o magistrado estava licenciado. Vamos manter um diálogo para resolver isso amistosamente”, afirmou o presidente da OAB Paraná, Cássio Telles.

Além de Telles, esteve presente o diretor tesoureiro Henrique Gaede, a presidente da OAB Laranjeiras do Sul, Maressa Pavlak Melati, o secretário-geral da subseção de Laranjeiras do Sul, Wanderson Prada, e o advogado membro do Tribunal de Ética e Disciplina (TED) em Cascavel, Almir Machado de Oliveira.

“É  importante que se mantenha um convívio harmonioso entre a magistratura e a advocacia para que haja uma prestação jurisdicional célere, de qualidade, e para que questões procedimentais não acabem comprometendo o bom relacionamento que deve haver  e que também não comprometam a qualidade e agilidade da prestação jurisdicional”, concluiu Telles.

OAB Paraná Total

O OAB Paraná Total já passou pelas comarcas de Palmital, São João do Ivaí, Sarandi, Mandaguari, Cambé, Rolândia, Capitão Leônidas Marques, Catanduvas, Formosa do Oeste, Corbélia, Colorado, Paranacity, Cidade Gaúcha, Terra Boa, Arapoti, Siqueira Campos, Manoel Ribas, Mamborê, Pérola, Xambrê, Guaraniaçu, Nova Aurora, Ubiratã, Porecatu, Bela Vista do Paraíso e Marilândia do Sul. A meta da diretoria é percorrer as 161 comarcas do estado ao longo da gestão 2019/2021.

As demandas levantadas nos primeiros encontros foram levadas ao presidente do TJ-PR, desembargador Adalberto Xisto Pereira. A partir das informações coletadas nas audiências, o presidente da OAB Paraná, Cássio Telles, elencou sugestões que visam ao aprimoramento da prestação jurisdicional, propondo ações estratégicas e pontuais (saiba mais aqui).

Goioerê

Na sexta-feira (11), Telles participará, com outros diretores da OAB Paraná, do Colégio Regional de Subseções a ser realizado na OAB Goioerê. Tomarão parte do encontro dirigentes de mais 18 subseções: Assis Chateaubriand, Campo Mourão, Cascavel, Cianorte, Cruzeiro do Oeste, Foz do Iguaçu, Guaíra, Iporã, Ivaiporã, Loanda, Marechal Cândido Rondon, Maringá, Medianeira, Nova Esperança, Palotina, Paranavaí, Toledo e Umuarama.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Desenvolvido por ledz.com.br