Tendências do Direito em debate na OAB Paraná com o World Legal Summit

 

Promovido por seis comissões da OAB Paraná, o World Legal Summit foi aberto na manhã desta quinta-feira (1º/8), na sede da seccional. Da solenidade de abertura tomaram parte os presidentes das comissões de Inovação e Gestão, Rhodrigo Deda Gomes; de Gestão Pública e Controle da Administração, Francisco Zardo; de Responsabilidade Civil, Gabriel Bittencourt Pereira; de Direito Empresarial, Gustavo Teixeira Villatore; de Propriedade Intelectual, Maria Inês Araújo de Abreu; e de Acompanhamento Legislativo, Emerson Fukushima.

“É com grande alegria que acompanho a realização de jornadas como essa, onde se busca mais bem-estar para o povo. Sabemos que o Direito, base de uma sociedade democrática, pode ganhar muito com o apoio das novas tecnologias que nos permitem, entre outras coisa, ter acesso mais amplo à informação”, afirmou o presidente da OAB Paraná, Cássio Telles, ao saudar os participantes e agradecer-lhes pelo empenho necessário para que estivessem presentes.

“O espírito de união das comissões envolvidas merece ser destacado. Embora em áreas muitas distintas, conseguimos nos organizar em torno desse tema tão importante. A união dos advogados é o que faz a diferença em períodos conturbados como que vivemos”, destacou Deda Gomes. A ação integrada das diversas comissões da seccional é uma das linhas de trabalho adotadas pela diretoria da OAB Paraná, que encarregou o advogado Rômulo Bronzel do trabalho de coordenação.

Identidade e governança pessoal

Presidido pela advogada Adriana Camargo, o primeiro painel de debates tratou de identidade e governança pessoal com apresentações de Marcos Wachowicz, André Luiz Bauml Tesser e Susan Pastega. Wachowicz destacou o impacto das novas tecnologias para a informação na sociedade e lembrou que a inovação colocou em xeque o conceito de privacidade com práticas como a captação de dados pessoais pelas empresas.
André Tesser falou sobre certificação digital e provocou a plateia com questionamentos sobre privacidade e segurança digital. Compartilhar a certificação digital e jamais mudar a senha não são bons hábito, alertou. Susan Pastega abordou aspectos da privacidade digital no universo financeiro.

Os painéis seguintes trataram de inteligência artificial e segurança de dados no mundo cibernético. O tema das máquinas autônomas foi apresentado por Fernando Zanicotti, Claudio Carreirão, Thiago Araújo e Kael Moro. Já as discussões a respeito de segurança de dados foram conduzidas por Gustavo Artese, Luiz Rodrigo Grochocki e Cinthía Freitas.

À tarde os participantes poderão participar de uma atividade prática conduzida pela advogada Gisele Ueno e pela designer especializada em inovação Gisele Raulik Murphy. As atividades seguirão o método sprint, que reúne profissionais de diversas especialidades para a criação e o desenvolvimento de ideias.

Postado em: Comissões, Direito Empresarial, ESA, Eventos, Inovação e Gestão, Notícias | Tags: , ,

Desenvolvido por ledz.com.br