Com a redução da cláusula de barreira, CAI pede que a seccional fomente integração da jovem advocacia nas chapas da OAB

 

A Comissão da Advocacia Iniciante da OAB Paraná entregou nesta terça-feira (14/9) ao presidente da OAB Paraná, Cássio Telles, na sede da seccional, um ofício com a solicitação de que seja recomendada às chapas em formação para as eleições de novembro a integração de jovens advogadas e advogados, com tempo de inscrição nos quadros da Ordem variando de três a cinco anos.

Dentre as novidades para a eleição deste anona OAB, o Conselho Federal e reduziu de cinco para três anos o tempo mínimo de inscrição requerido aos componentes das chapas. Com a cláusula de barreira reduzida, o assunto foi um dos temas centrais do Colégio Nacional das Comissões da Jovem Advocacia, realizado em Recife no início de setembro. Os participantes do colégio debateram a importância de que sejam implementadas ações para a inserção dos jovens advogados nos cargos eletivos. Deliberou-se que as comissões tratariam do tema em suas respectivas seccionais.

Participaram da reunião de entrega do documento ao presidente Cássio Telles, o presidente da CAI, Wagner Mauricio; a vice-presidente da comissão, Aieda Muhieddine; a secretária Evelyn Maia e o diretor de interiorização Bruno Laranhaga.

“É extremamente importante a participação da jovem advocacia nos conselhos para que as pautas relativas aos que estão começando a carreira sejam trazidas ao conhecimento do conselho pelos próprios profissionais iniciantes. Hoje a jovem advocacia representa quase 50% dos total de inscritos na OAB. Portanto, precisam estar representados nos conselhos”, destaca Wagner Maurício.

Postado em: Notícias | Tags:

Desenvolvido por ledz.com.br