Diretoria da OAB Francisco Beltrão é reconduzida para novo triênio

 

Em solenidade conduzida pelo presidente da OAB Paraná, Cássio Telles, a diretoria da OAB Francisco Beltrão tomou posse na última sexta-feira (12/4). Reeleito em novembro, o advogado Luiz Carlos D’Agostini Junior foi reconduzido ao cargo de presidente; Douglas Alberto Luvison tomou posse como vice-presidente; Giuzeila Machado Watte como secretária-geral; Jeferson José Carneiro Junior como secretário-geral adjunto; e Alexandre Cadete Martini como tesoureiro.

A diretoria da seccional foi representada também pela vice-presidente, Marilena Winter; pela secretária-geral adjunta, Christhyanne Regina Bortolotto; pelo diretor tesoureiro, Henrique Gaede; e pelo diretor de Prerrogativas, Alexandre Salomão. Também esteve presente a advogada homenageada na gestão 2016-2018 com a medalha Viera Netto, Edni Arruda.

A subseção de Francisco Beltrão congrega 944 advogados ativos que atuam em 21 cidades: Ampére, Barracão, Bela Vista da Caroba, Bom Jesus do Sul, Capanema, Dionísio Cerqueira, Enéas Marques, Flor da Serra do Sul, Francisco Beltrão, Manfrinópolis, Marmeleiro, Nova Esperança do Sudoeste, Pérola D’Oeste, Pinhal de São Bento, Planalto, Pranchita, Realeza, Renascença, Salgado Filho, Santa Izabel do Oeste e Santo Antônio do Sudoeste.

Confira a íntegra do discurso de posse do presidente da OAB Francisco Beltrão

Boa noite a todos,

Em primeiro lugar gostaria de agradecer a Deus por este dia maravilhoso; agradecer minha esposa Fabielly, meus filhos Giovanna e Gustavo, meus pais e a toda minha família aqui presente.

Cumprimento o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional do Paraná, doutor Cássio Lisandro Telles, em nome de quem saúdo todos os integrantes da mesa e demais autoridades aqui presentes.

Prezadas advogadas, advogados, nossos presidentes de outras subseções, nossos conselheiros estaduais, familiares e nossos colaboradores.

Peço licença ao nosso presidente para cumprimentar de forma especial meus quatro colegas de turma da faculdade que assumem neste triênio como diretores de Ordem:

Dra. Maria Cecília de Oliveira Saldanha, presidente da OAB Guarapuava;

Dra. Jociane Triches Silvestri, secretária-geral da OAB Pato Branco;

Dra. Consuelo Guasque, conselheira estadual;

Dr. Eduardo Rafael Sabadin, conselheiro da OAB Francisco Beltrão.

É com muita honra que no dia de hoje recebo esta missão de estar à frente da subseção de Francisco Beltrão no triênio 2019 a 2021. Não assumo esta missão sozinho, mas com o apoio de uma diretoria impar, representada pelo dr. Douglas Alberto Luvison, dra. Guizeila Cerini Machado Watte, dr. Jefferson Carneiro Junior, dr. Alexandre Martini e dr. Ciro Alberot Piaceski, nosso conselheiro estadual, não esquecendo também de todos os nossos conselheiros.

Devo agradecer a todos vocês que aceitaram esta tarefa de continuar o trabalho iniciado por todas as diretorias anteriores todos aqueles que um dia doaram seu tempo e seu trabalho a nossa instituição. Em novembro passado fomos eleitos com 91,20% dos votos dos advogados pertencentes a nossa subseção, o que nos dá legitimidade para o exercício da função, mas também nos confere muita responsabilidade na direção da instituição.

Já percebi que o trabalho na OAB não é para amadores e para aqueles que veem na instituição uma forma de alcançar algum status. Atualmente, com 950 advogados em nossa subseção, 7 comarcas, 20 municípios somos consultados e exigidos diariamente sobre as mais diversas situações e assuntos. Temos um grande desafio pela frente que é o fortalecimento da advocacia em nossa região. Fortalecer a advocacia é fortalecer a justiça, mas para este fortalecimento defendo sempre o diálogo com as instituições, tentando caminhar sempre ao lado da magistratura e do Ministério Público, nunca atrás ou na frente.

Se pensarmos em andarmos juntos tenho a certeza de que todos sairão ganhando principalmente o maior interessado, que é o jurisdicionado. Estou preparado para junto com a diretoria e o conselho estar à frente de nossa instituição, mas sempre mantendo a humildade e o entendimento de que passarei pela presidência e outros me sucederão, então tenho a serenidade de que a instituição de forma coletiva deverá sempre prevalecer sobre o interesse de qualquer membro da diretoria ou do conselho.

Juízes, promotores, advogados, servidores, mas se algum dia este vier a faltar, tenham a certeza de que lutarei pela defesa das prerrogativas profissionais e pelo respeito a nossa classe. E porque assumir este trabalho voluntário? Se fosse perguntado até ano passado afirmaria que era para participar e contribuir com a instituição. Hoje além deste trabalho e da contribuição fui surpreendido por minha filha com a notícia de que prestará vestibular para o curso de Direito.

Então agora posso responder que trabalharei também para que minha filha, quando exercer alguma profissão na área do Direito, possa ter algo melhor e possa se orgulhar de ter escolhido esta carreira. Temos a honra de dirigir uma entidade que representa não só os anseios da advocacia, mas também luta pela defesa da democracia e esta direção terá como maestro uma pessoa que admiro desde o início de minha carreira, dr. Cássio Lisandro Telles, um dos maiores defensores da advocacia brasileira. Dr. Cássio, tenha a certeza de que a Subseção de Francisco Beltrão caminhará junto com vossa excelência e sua diretoria nestes próximos três anos lutando pela valorização da advocacia.

Deixo aqui também meus agradecimentos a todos os integrantes da diretoria que nos antecedeu, em especial ao dr. Marcelo Miró, dr. Orlando Henrique Krauspenhar Filho, dra. Giuzeila Machado Watte, dra. Maria Aparecida de Lima e dr. Dilamar Santini, diretoria esta que entre outros feitos conseguiu a construção desta sede maravilhosa que marca os 35 anos da Subseção de Francisco Beltrão. Temos a certeza que no próximo triênio teremos muitos desafios, mas também muitas vitórias em prol da advocacia sudoestina.

Digo todos aqui presentes que podem contar com uma OAB forte e participativa, sempre atuando na defesa das prerrogativas do advogado e também na defesa dos direitos e garantias dos cidadãos. E encerro com palavras de Cora Coralina:

“Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende. Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar, porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir.”

Muito obrigado e boa noite a todos!

Luiz Carlos D’Agostini Junior

Postado em: Notícias, OAB Francisco Beltrão | Tags: , , ,

Desenvolvido por ledz.com.br